Fluxo de Caixa e Gestão de Capital de Giro - ISAE / FGV

artigos

17/07/2008

Fluxo de Caixa e Gestão de Capital de Giro

Por:

Dentro da perspectiva financeira, as empresas existem para agregar valor aos seus acionistas, sendo a criação de valor o objetivo maior dos gestores, sejam eles financeiros ou não financeiros. A competição entre as corporações, a disputa por fatias de mercado e as metas de lucros cada vez maiores, vem colocando a geração de valor para o acionista como uma questão prioritária. Valor pode ser criado e destruído em qualquer nível de uma organização onde decisões estejam sendo tomadas, o que torna a gestão financeira de curto prazo, questão de grande relevância para aquelas empresas que busquem êxito econômico.

A gestão financeira de curto prazo, ou gestão de capital giro, dentro de uma visão mais operacional, envolve a transição de recursos em caixa e contas em banco, aquisição, transformação, pagamento e recebimento de mercadoria, captação e aplicação de recursos financeiros e pagamento de tributos. Dentro de sua visão mais estratégica, a gestão de capital de giro envolve o equilíbrio entre o volume de recursos necessários a manutenção da liquidez da empresa, que garantam a continuidade das atividades e a rentabilidade esperada pelos investidores.

A gestão do capital de giro consume boa parte dos esforços do administrador financeiro, que envolvido na resolução dos problemas de curto prazo da empresa, acaba por se tornar refém dos conflitos de interesse entre demais departamento (vendas, compras e suprimentos), normalmente pouco antenados no impacto de caixa de suas decisões. Apesar da gestão do capital de giro envolver diversos departamentos, as empresas normalmente quebram na tesouraria. Nesse cenário, o simples planejamento do caixa de curto e médio prazo (quando adotado), não é suficiente para resolver o problema da empresa. Sendo assim, o gestor financeiro precise adquirir a capacidade de antecipar e controlar os impactos de caixa das flutuações nos níveis de atividade da empresa e alterações nas políticas operacionais promovidas pelos demais departamentos, assim como apresentar soluções aos problemas que se revelam.

A criação de valor através da gestão estratégia do capital de giro é conseguida através de um intenso trabalho de planejamento, permitindo aos gestores encontrar o equilíbrio entre risco, liquidez e rentabilidade, através da adoção de políticas operacionais e financeiras, que tem como objetivo a maximização do valor da companhia.

compartilhe no facebook compartilhe no twitter

Artigos do mesmo autor