(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

> Boletim Oficial sobre Coronavírus (COVID-19)

Boletim Oficial sobre Coronavírus (COVID-19)

Atualização dia 31/03, às 10h

O coordenador local no ISAE dos programas de MBAs da FGV em Curitiba, Cristiano Venâncio, tem um recado para você!

Visando colaborar com a prevenção do COVID-19, o ISAE/FGV vem tomando medidas que atendem e reforçam as recomendações dos órgãos de saúde pública. Neste momento, a redução da circulação de pessoas é fundamental para diminuir o potencial de propagação do vírus. 

Até 12 de abril, pensando na saúde e bem-estar de nossos colaboradores, realizaremos regime de teletrabalho, no formato home office. As atividades continuam ativas de maneira remota, das 14h às 18h, e o contato poderá ser realizado preferencialmente por e-mail e canais oficiais.

Dessa forma, informamos que:

1 – A Fundação Getulio Vargas (FGV) suspendeu as aulas de MBAs e atividades acadêmicas em suas unidades próprias e em toda a Rede Conveniada FGV até segunda ordem.

Para que o calendário acadêmico seja mantido após o período de suspensão, sem prejuízo para os alunos, o ISAE/FGV retornará às atividades acadêmicas dos MBAs substituindo as aulas presenciais pelo ambiente virtual. Isso quer dizer, as aulas ocorrerão no mesmo horário e dias do calendário acadêmico com a participação do professor em tempo real.

Através da ferramenta ZOOM, o aluno terá experiência de aprendizado síncrona e ao mesmo tempo facilitar a interação entre alunos e professores em tempo real. Utilizada em mais de 5600 instituições educacionais e 88% das melhores Universidades americanas, a ferramenta ZOOM é reconhecidamente a melhor plataforma para a realização de educação on-line. Os roteiros estão sendo revistos, e as dinâmicas estão sendo ajustadas para que sejam conduzidas a distância.

Confiram o vídeo produzido pelo coordenador local no ISAE dos programas da FGV, Cristiano Venâncio: https://youtu.be/IDsedQOwzaA

Programas ISAE:

Perspectivação: até segundo aviso estão suspensas as atividades/oficinas do Perspectivação para Curitiba, Londrina e Ponta Grossa. Em breve, forneceremos o cronograma de oficinas que ocorrerão na modalidade on-line como mais um diferencial oferecido pelo ISAE neste momento de crise.

GBAs: até segunda determinação estão suspensas as aulas presenciais dos programas de curta e média duração dos GBAs para Curitiba, Londrina e Ponta Grossa.

Graduação em Processos Gerenciais: até segundo aviso as aulas PRESENCIAIS estão suspensas e OCORRERÃO em ambiente ON-LINE, na modalidade a distância

Programa Mestrado em Governança e Sustentabilidade: até segundo aviso as aulas PRESENCIAIS estão suspensas e OCORRERÃO em ambiente ON-LINE, seguindo orientações do professor de cada disciplina

O ISAE/FGV, junto ao seu Comitê de Gerenciamento de Risco, está atento à evolução do problema e reavaliaremos a situação de forma contínua e permanente, conforme nosso Plano de Contingência, mantendo todos informados sobre novos desdobramentos.

Dúvidas (em horário comercial):

ISAE Curitiba:
e-mail:  academico.curitiba@isaebrasil.com.br


ISAE Londrina:
e-mail: cleyton.caetano@isaebrasil.com.br
*whatsapp: 41 999261289

e-mail: joseane.portela@isaebrasil.com.br
*whatsapp: 43 991707538

Prevenção

De maneira geral, o Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo grupo de vírus.

Em Curitiba, dúvidas sobre a doença podem ser esclarecidas pelo: 41 3350-9000 das 8h às 23h.

O Estado também disponibilizou canais para atendimento:
41 3330-4414
41 99117-3500
0800-644-4414

Entre as principais medidas de prevenção estão:

• Lavar frequentemente as mãos com água e sanonete ou usar álcool em gel.
• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir, com a parte interna do cotovelo, ou usar lenço de papel e descartá-lo adequadamente, em seguida, jogando-o no lixo e lavando as mãos.
• Higienizar as mãos após tossir ou espirrar. Evitar tocar os olhos, nariz ou boca com as mãos sem lavá-las.
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
• Manter os ambientes bem ventilados. Limpar com frequência superfícies e local de trabalho, tais como mesas, balcões, maçanetas, etc.
• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.
• Evitar viajar para países em alerta e, não sendo possível, evitar circular em áreas com casos da doença.

Além dos pontos já divulgados até o momento sobre o tema, o estudo também levantou questões sobre como é feito o diagnóstico, como é definido um caso suspeito, quais os são cuidados que devem ser tomados se for viajar, entre outras.

PARA VERIFICAR O ESTUDO COMPLETO E TIRAR TODAS AS SUAS DÚVIDAS, CLIQUE AQUI.

Voltar