(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

ISAE participou do III Congresso de Felicidade

O ISAE Escola de Negócios participou do III Congresso de Felicidade com um stand que foi muito visitado durante o evento! Os visitantes puderam participar do sorteio de uma bolsa 100% para o curso GBA Felicidade: transformando pessoas e organizações. A ganhadora do sorteio foi Camila Ramalho, que recebeu a informação diretamente do presidente do ISAE Dr. Norman Arruda Filho.

“Eu me interessei pelo GBA quando recebi o livro com depoimentos dos ex-alunos do curso, por isso fui ao stand concorrer a esse prêmio. Quando fui sorteada eu comemorei muito, pois acho que é o momento certo de minha vida, já que estou em transição de carreira. Eu já pratico teorias da psicologia positiva, tenho diversos hábitos que promovem mais felicidade e já replico com famílias e amigos. Agora vou poder embasar e aprofundar ainda mais meus conhecimentos sobre o assunto”, explicou a ganhadora.

O livro citado por Camila é uma coletânea de relatos dos alunos da primeira turma do GBA Felicidade que evidenciaram suas experiências de crescimento, amadurecimento, mudança de visão e melhorias na qualidade de vida, com o intuito de inspirar mais pessoas a conquistarem a felicidade em suas vidas.

 

Dr. Norman brincou com a ganhadora Camila Ramalho, que também aprecia um bom chimarrão.

Muitos visitantes no stand do ISAE.

Sorteio do GBA Felicidade: transformando pessoas e organizações.

Equipe ISAE que trabalhou no evento. 

 

Veja um pouco dos relatos sobre o GBA no vídeo a seguir:

ISAE realiza 1º Seminário Nacional de Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgoto

O Mestrado do ISAE, juntamente com a Sanepar e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgoto (INCT – ETEs Sustentáveis) realizará o 1º Seminário Nacional sobre Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgoto do dia 7 a 9 de novembro, no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. O evento terá como um dos palestrantes, o oficial sênior internacional da ONU-Habitat, Alain Grimard, que fará parte da mesa de abertura para discutir os rumos alternativos para a destinação e o aproveitamento inteligente de resíduos. O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) é a agência da ONU responsável por promover o desenvolvimento urbano sustentável e a moradia adequada.

O ONU-Habitat todos os anos, como parte das comemorações do Outubro Urbano, seleciona temas diferentes para promover os resultados positivos da urbanização ou para enfrentar desafios específicos que dela resultam. “O Outubro Urbano se inicia com o Dia Mundial do Habitat na primeira segunda-feira do mês de outubro e termina com a celebração do Dia Mundial das Cidades, celebrado em 31 de outubro. Neste ano, em comemoração a estas datas, o ONU-Habitat Brasil promove o Circuito Urbano 2018: uma relação de eventos sobre os temas selecionados, que são Gestão Municipal de Resíduos Sólidos, Cidades Sustentáveis e Resilientes, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e Nova Agenda Urbana, ocorrendo em setembro, outubro e novembro, com o objetivo de dar visibilidade aos debates sobre essas temáticas, às perspectivas e ações dos diversos setores da sociedade, assim como sua importância para a promoção do desenvolvimento urbano sustentável no Brasil e no mundo”, explica Grimard.

Além de Grimard, também estarão na mesa de abertura do o presidente do ISAE Escola de Negócios, Norman de Paula Arruda Filho, o presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski, o presidente ABES-PR, Luiz Henrique Bucco, o coordenador do INCT, Carlos Chernicharo, o secretário de Desenvolvimento Urbano do Governo do Paraná, Sílvio Barros, e a diretora de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Fabiana Campos.

 

Saiba mais no site oficial no evento: http://seminarioetessustentaveis.com/.

 

Conexão Academia-Empresa-Sociedade debateu sobre mecanismos de combate à corrupção

 

O evento Conexão Academia-Empresa-Sociedade teve como tema “Corrupção: reflexos e mecanismos de combate”, ocorreu no dia 26 de setembro e teve como convidados os palestrantes André Alves, Alexandre Mugnaini e Eloir Joakinson Junior, todos ex-alunos do Mestrado Profissional em Governança e Sustentabilidade do ISAE Escola de Negócios.

Nesse encontro foram discutidos temas referentes à corrupção dentro das empresas, ferramentas de denúncias de fraudes, compliance e ações para evitar, detectar e combater inconformidades dentro de uma organização. “Esse é um tema que deve estar em pauta em todas as empresas e que quanto mais discutido, mais benefícios pode trazer”, comentou Alexandra Arnold, mediadora do debate e docente do Mestrado do ISAE.

Alexandre Mugnaini, coordenador do Programa de Integridade da Itaipu, comentou números e dados que refletem o problema da corrupção no Brasil e no mundo. “A população mundial está cada vez mais à mercê da corrupção, no geral 85% da população vive em países com altos índices de corrupção. Vemos como é prejudicial, uma vez que, quanto maior a honestidade da população, maior o PIB de um país”, observou.

Segundo pesquisa global feita pela empresa de consultoria e auditoria Ernst & Young (EY), que ouviu 2.550 executivos de 55 países, mostrou que para 96% dos profissionais brasileiros entrevistados, as práticas de suborno ou corrupção ocorrem amplamente nos negócios. Nessa mesma pesquisa o Brasil ficou em primeiro lugar como mais corrupto de um total de 53 países e regiões participantes da pesquisa.

Analisando a realidade brasileira, os palestrantes comentaram que conversas sobre corrupção aumentaram quando foram expostas atitudes do governo e ações judiciais dos casos, como a Operação Lava-jato, mas que apenas criticar não basta, é preciso desenvolver planos de ações para ter resultados mais efetivos no cotidiano da sociedade e principalmente em empresas.

O ex-aluno do ISAE e gerente de auditoria da Copel, Eloir Joakinson, contou como identificam e interrompem condutas ilegais na empresa. “Descobrimos o quão impactante e positivo foi a decisão de mudar o canal de denúncias interno para um canal de denúncias externo. O engajamento dos colaboradores aumentou astronomicamente, evitando o desconforto que o meio anterior pudesse gerar na equipe. Ao meu ver o grande pulo do gato no combate à corrupção é dar voz aos colaboradores. Se explorarmos e passarmos corretamente sobre todo o processo de governança, não tem como ‘por para debaixo do tapete’ alguma situação denunciada, todo esse processo dá certo e traz soluções assertivas”, afirmou.

Os participantes ressaltaram essa importância de aumentar o engajamento dos colaboradores na missão de combater atos ilícitos, ressaltando ações de conscientização e também sobre o conceito do Triple Bottom Line, ou Tripé da Sustentabilidade, que é muito trabalhado no Mestrado do ISAE, como pano de fundo para a construção da responsabilidade social em toda a empresa. “As questões éticas, os princípios e a transparência devem anteceder a implementação de processos, produtos e serviços”, completou Joakinson.

Especialista em Coaching e Mentoring enfatiza a profissionalização da área

“Qualquer pessoa ou situação só tem sobre você o poder que você concede a ela”, com essa frase Marco Túlio Costa iniciou a palestra de Coaching e Mentoring nas Organizações, dia 15 de agosto, no auditório do ISAE Curitiba. Começou também explicando as diferenças entre treinamento – que às vezes não acompanha os resultados, consultoria – que basicamente envolve teorias e não aprofunda o lado humano, terapia – que explora o passado, e o Coaching que prevê um diagnóstico, lições de como lidar com diferentes situações, o acompanhamento da pessoa ou equipe após a aplicação das técnicas e foco no presente e futuro. Segundo o especialista, Coaching tem o objetivo de potencializar as habilidades profissionais e pessoais, ampliar as consciências e responsabilidades e aprender métodos para desenvolvimento.

Costa também explicou a diferença de Coaching e Mentoring, sendo que o primeiro está relacionado com processos e o segundo relacionado a pessoas. O Mentoring vem ganhando notoriedade no mundo empresarial quando utiliza o potencial dentro da empresa, unindo as experiências dos próprios colaboradores, fortificando o relacionamento entre eles e, consequentemente, beneficiando a própria empresa. “É um processo de transferência e redescoberta a partir do relacionamento do mentor e mentorado”, afirma o palestrante.

Enquanto o Coaching está focado na melhoria da performance e alcance de metas, o Mentoring está focado na formação do colaborador a partir dos conceitos defendidos pela empresa na qual ele atua. Por isso, o Mentoring geralmente envolve um profissional com mais vivência que passa seus conhecimentos para um mais novo, dentro da mesma empresa. “Mas é importante frisar que não existe o Mentoring sem o Coaching, este já é conhecido pelos seus resultados comprovados cientificamente. São utilizadas ferramentas de Psicologia e Neurociência, sempre baseados no comportamento humano”, enfatiza Costa.

Essas técnicas estão sendo cada vez mais difundidas tanto pelas pessoas que procuram os profissionais, quanto aqueles que pretendem fazer disso uma carreira. Segundo pesquisa da ICF (International Coach Federation), esse mercado conta com 53 mil profissionais no mundo e movimenta US$ 2,3 bilhões. Na América Latina, 4 mil especialistas exercem a atividade profissionalmente. “Todos ganham com a profissionalização de Coaching. É possível aprender a se relacionar e se comunicar melhor, a entender mais as pessoas com bases científicas, possibilitando diversas melhorias.  A principal característica de um bom profissional de Coaching é que ele tenha a vontade de ajudar as pessoas”, complementa o especialista.

O ISAE Escola de Negócios oferece dois GBAs sobre o assunto: Formação em Coaching e Formação Master Coaching com Ênfase em Mentoring. Conheça mais.

 

Antes da palestra, os participantes tiveram um momento de networking na cantina do ISAE. 

O auditório estava lotado para a palestra de Marco Túlio Costa.

Tiveram momentos de interação entre os participantes.

Alguns convidados assistiram, na sala de aula, à palestra ao vivo.

Foram arrecadados 150 kg de alimentos não perecíveis para o Uaná Comunidade, para o projeto Caximba.

ASSISTA À PALESTRA NA ÍNTEGRA:

 

Colaboradores da Fepasc agora têm descontos nos cursos ISAE

O ISAE Escola de Negócios firmou mais uma parceria que proporciona descontos em seus cursos. Dessa vez, os colaboradores da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros dos Estados do Paraná e Santa Catarina, a Fepasc, poderão desfrutar desses benefícios.

Para consolidar a parceria, no dia 25 de julho, Dr. Norman de Paula Arruda Filho, presidente do ISAE, assinou termo de convênio para a concessão do desconto nas mensalidades de todos os cursos do ISAE. Essa assinatura aconteceu no Ciclo de Palestras sobre Compliance, da Fepasc, que ocorreu no auditório do ISAE Curitiba.

Felipe Gulin, presidente da Fepasc, abriu o evento que também contou com três palestras sobre ética, transparência e responsabilidade na implementação do Compliance na organização das empresas. O primeiro palestrante foi o Diretor de Educação do ISAE, Antônio Raimundo dos Santos, que comentou sobre a ética e moral dentro das famílias, e que a mudança é feita em pequenas atitudes. “Para mudar a cultura é preciso que cada um olhe para si e pergunte ‘sou ético?’ Somente assim será possível fazer a diferença no mundo”, afirmou Raimundo.

Armando Linhares Neto, da empresa JCA e André Guskow Cardoso, da Justen Advogados também discursaram sobre as leis e regulamentos externos e internos e a importância do assunto dentro das empresas. “Os erros começam pequenos e vão aumentando, por isso, frente a qualquer tipo de fraude é importante estancar desde o início, reverter e aprender com esses erros”, sinalizou Neto.

 

Fale conosco Artigos Ex-alunos ISAE Business Sustentabilidade Ações internacionais