(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

Parceria Internacional

Após a apresentação da metodologia ISAE durante conferência em Bangalore/ Índia para discutir os rumos das escolas de negócios indianas (saiba mais), o ISAE recebeu no dia 11/02, a visita do professor Debasis Malik que coordena o Global Management Program ( http://www.spjimr.org/gmp ), programa de intercâmbio de pós-graduação da SP Jain Institute of Management and Research (SPJIMR – http://www.spjimr.org/).

A SPJIMR é uma escola líder de gestão que fica em Mumbai na Índia. Foi inaugurada em 1981 pela Margaret Thatcher e tem como missão influenciar a prática de promover o crescimento baseado em valor – assim como o ISAE. É considerada uma das top 10 escolas de negócios do país e acreditada pela AACSB e AMBA. O professor veio para Curitiba especialmente para discutir com o presidente do ISAE, Dr. Norman Arruda Filho, possíveis parcerias internacionais.

 

BRICS

O ISAE é membro da Association of BRICS Business Schools (ABBS), que foi concebida como uma iniciativa para reunir escolas de negócios dos países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul)  em um fórum comum, de modo a compartilhar experiências e buscar cooperação e intercâmbios acadêmicos para benefício comum.

 

 

Conferência Internacional debate educação em gestão

Terminou em Bagalore, na Índia, a primeira Conference on Management Education in India: Time to Transform, realizado pelo Xavier Institute of Management and Entrepreneurship (XIME). nos dias 29 e 30 de janeiro. O evento teve o objetivo de discutir e apresentar as boas práticas das escolas de negócios de várias regiões do mundo para alavancar o ensino de pós-graduação indiano.

Entre 32 palestrantes internacionais, o Brasil foi representado pela PUC-PR e pelo ISAE Escola de Negócios, na figura de seu presidente Norman Arruda Filho. “Tivemos um fantástico encontro: nós, gestores de escolas de negócios, com as nossas soluções acadêmicas ao mercado de trabalho e os empresários, com suas expectativas em relação ao profissional que formamos. Além disso, a organização e a participação efetiva dos alunos foram incríveis!”, ressalta o presidente do ISAE.

Norman falou sobre a metodologia de ensino ISAE que torna o aluno protagonista de sua aprendizagem, sobre inovações no sistema de avaliação e sobre a importância das pesquisas integradas: “Os resultados das pesquisas acadêmicas devem ser interpretados de maneira inter, multi e transcultural. Dessa forma, utilizando o conhecimento de maneira transversal entre os países conseguimos otimizar e ampliar as soluções propostas pela academia”, explica.

“Esse evento foi uma revisão abrangente da educação em gestão na Índia e abordou maneiras para procedermos uma transformação e assumirmos o desafio de criar um MBA melhor, que formará, não apenas profissionais completos, mas também pessoas de grande valor”, celebra o Prof. J. Philip, presidente do Xime.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Qualidade de Ensino das Escolas de Negócios Indianas em discussão

A Índia é o país onde se concentram o maior número de escolas de negócios do mundo. Aproximadamente, estamos falando de 3300 escolas, mas nem sempre quantidade quer dizer qualidade. Segundo dados da AMBA (Association of MBAs) apenas 36 instituições são certificadas internacionalmente por alguma agência acreditora. Além disso, embora a indústria indiana e seus talentos de gestão deixem sua marca no cenário mundial, as escolas de negócios não conseguem atrair estudantes internacionais, que representam apenas 2% do total de candidatos para cursos de pós-graduação no país.

Mas qual é o caminho? Para fomentar a reflexão sobre as escolas de negócios da Índia, gestores de instituições de ensino superior pertencentes ao BRICS (nome de um conjunto econômico de países considerados “emergentes”, formado atualmente pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul)  e ao Leste da Ásia se reunirão para apresentar suas boas práticas educacionais durante a Conference on Management Education in India: Time to Transform, realizada pelo o Xavier Institute of Management & Entrepreneurship, nos dias 29 e 30 de janeiro, em Bangalore. O ISAE Escola de Negócios será representado por seu presidente, Norman Arruda Filho.

“A educação transforma as pessoas, que transformam o mundo. É nisso que acreditamos no ISAE e, para que isso ocorra, utilizamos metodologias inovadoras em sala de aula, em nossos produtos e as aplicamos no mercado. Na Conferência irei relatar como nossas parcerias internacionais – inclusive com a Organização das Nações Unidas e o Pacto Global – como nossa história no engajamento da implementação da agenda global, desde a fundação do Principles for Responsible Management Education (PRME), impulsionam e promovem a formação de líderes globalmente responsáveis e nos posicionaram como referência no assunto no cenário internacional”, relata Norman, que ressalta. “O conhecimento deve ser compartilhado e tenho certeza que também iremos trazer novas inspirações para o ISAE do resultado desse evento”.

Programas Internacionais do ISAE Escola de Negócios

O ISAE Escola de Negócios reconhece que o mundo globalizado exige um conhecimento diferenciado do profissional atual, então nada melhor do que ter o contato direto com a cultura de outros países e seus modelos corporativos para entender melhor esse mundo tão dinâmico. Por isso, oferece a seus alunos diversas oportunidades de vivências internacionais com programas que envolvem intercâmbio de estudantes estrangeiros para visitarem o Brasil, assim como alunos do ISAE que têm a possiblidade de conhecerem outros lugares.

Em 2018 foram muitas as possibilidades de contato com outros países fortalecendo o ISAE como uma Instituição globalizada. A primeira delas já começou em 24 de janeiro quando o ISAE foi anunciado como parte do Champions Group do PRME (Princípios para uma Educação Executiva Responsável), ciclo 2018/2019, da Organização das Nações Unidas durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos na Suíça. Logo após o supervisor de Sustentabilidade e Relações Internacionais, Gustavo Loiola, esteve em Nantes, na França, para a primeira reunião do grupo. O Champions Group representa as 38 escolas de negócios mais engajadas e experientes do PRME.

Já na capital argentina, em abril, o diretor da Faculdade ISAE Brasil, Norman de Arruda Neto, participou do fórum Making Global Goals Local Business, organizado pelo Pacto Global das Nações Unidas e pelo Global Compact Network Argentina, com intuito de catalisar ações coletivas e impacto sobre os Dez Princípios e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O presidente da Instituição, Norman Arruda Filho, foi à França, em maio de 2018, para participar da Conferência do CR3+ 2018, realizada na Audencia Nusiness School, em Nantes, onde pode trocar ideias, pedagogias, currículo e pesquisa na área de responsabilidade corporativa com La Trobe Business School (Austrália), Audencia Nantes School of Management (França) e Hanken School of Economics (Finlândia).

Em agosto, o ISAE recebeu professores da Cölogne Business School (CBS), da Alemanha, para o Programa Práticas Inovadores de Sustentabilidade. A união entre as instituições possibilitou um curso de dupla diplomação, em formato summer course, no qual foram trabalhadas questões relacionadas a sustentabilidade, redução de impactos ambientais, reflexos financeiros, comprometimento de organizações, tomada de decisões de negócios e gestão estratégica.

Mais uma participação do presidente do ISAE e chair do PRME LAC, Dr. Norman Arruda Filho, aconteceu em Lima, no Peru, em setembro, no 7° Encontro Regional do Principles for Responsible Management Education (PRME). Também em setembro, Norman foi à Nova York/EUA para participar da cúpula dos líderes do Pacto Global 2018 das Nações Unidas (UN Global Compact Leaders Summit 2018) e do evento SDGsinBrazil – The Role of the Private Sector, promovido pela Rede Brasil do Pacto Global.

O início do Programa de Inovação para o Cooperativismo Paranaense também foi destaque internacional, com a imersão de líderes das cooperativas no MIT, em Boston, EUA, onde realizaram visitas técnicas e aprenderam sobre novas tecnologias e formas de trabalho inovadoras. “Foi muito importante estarmos próximos aos presidentes e entendermos, junto com eles, como a inovação pode acrescentar no dia a dia das cooperativas, mantendo assim, diretrizes estratégicas para a conquista de metas e melhores resultados”, informou Danielle Hernandes, coordenadora de soluções corporativas do ISAE.

O ISAE também esteve em San José, na Costa Rica, representado pelo presidente e pelo supervisor de Sustentabilidade para mais uma reunião do Champions Group do PRME.

Em novembro, o ISAE trouxe ao Brasil alunos colombianos para o Programa de Práticas Inovadoras em Gestão e também proporcionou a viagem à Colômbia para alunos brasileiros.:

ASSISTA AO VÍDEO:

No mesmo formato de intercâmbio ocorreu o Programa Negócios Internacionais com Impacto Social nos Mercados Emergentes (BSIEM), que permitiu a interação de alunos do ISAE Escola de Negócios, da Universidade de Externado, da Colômbia e SPJIMR, da Índia.

Para finalizar com chave de ouro, o ISAE recebeu no dia 13 de novembro o grupo de estudantes e professores estrangeiros que participam do 10º BRICS Student Meet, composto por Brasil, Rússia, Índia e China.

Definitivamente, 2018 foi um ano em que os alunos do ISAE tiveram contato com importantes players internacionais e desenvolveram network multicultural. Acompanhem as novidades para 2019 em www.isaebrasil.com.br/tipo/programas-internacionais/ .

 

Programa BSIEM finaliza com viagem à Índia

Por meio do Programa Negócios Internacionais com Impacto Social nos Mercados Emergentes (BSIEM), o aluno de Graduação em Processos Gerenciais, Rafael Florentino, teve a oportunidade de ir à Colômbia e Índia, visitar as Instituições Universidade de Externado e SPJIMR.

Sua experiência na Colômbia aconteceu nos dias 29 de outubro a 2 de novembro, onde pode visitar a ONG Exíto localizada em uma comunidade em vulnerabilidade chamada Egito, e complementou o desenvolvimento de um projeto que visava a implementação de um produto alimentício nutritivo para uma comunidade enquadrada na base da pirâmide (BoP).

“Com esse Programa pensamos em criar oportunidades para os alunos conhecerem sociedades que vivem em situações emergentes, onde existe a necessidade de implementar projetos que supram algumas necessidades e que contribuam para o desenvolvimento desses países. Com isso, incentivamos nossos alunos a pensarem em negócios que englobem sustentabilidade, empreendedorismo e que ampliem seus conhecimentos com uma visão mundial”, explica o coordenador do Programa, Gustavo Loiola.

Já a viagem para Índia aconteceu nos dias 19 a 23 de novembro, que contou com aulas na SPJIMR, em Mumbai, com conceitos de Responsabilidade Social Empresarial, Qualidade na Educação, Workshop sobre a Água, entre outros temas. Além das aulas, também fizeram visitas a empresas EuroAble, Assema e Sulabh, que permitiram aprender mais sobre os negócios do país.

“A experiência na Índia foi uma das mais loucas que eu já tive na vida, volto com uma bagagem experiencial incrível e outra bagagem somente de histórias (muitas até mesmo engraçadas). O Programa me proporcionou um crescimento profissional e pessoal incrível, além de me trazer novos horizontes nesse meu propósito que é o empreendedorismo social”, contou o aluno

Fale conosco Artigos Ex-alunos ISAE Business Sustentabilidade Ações internacionais