(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

Três startups tiveram mentoria de seus projetos pelo ISAE Business

O 5º Ciclo do ISAE Business contou com a apresentação das startups Angelino, Me Convida e Cantina Digital. A primeira oferece serviços de baby-sitter exclusivos, com babás treinadas em prevenção de acidentes, primeiros socorros, uniformizadas e com atividades próprias. A Me Convida está desenvolvendo um serviço para organizadores de eventos na gestão dos convidados, otimizando tempo e reduzindo incertezas e riscos quanto aos recursos financeiros do evento, aliado a uma excelente experiência para os convidados durante o pré-evento. Já a Cantina Digital visa a trazer maior agilidade para as cantinas de instituições de ensino por meio de um aplicativo que permite a compra de produtos das cantinas e a retirada mais rápida evitando filas e espera para pagamento.

A apresentação do trabalho final, chamada de Demoday, teve a banca avaliadora composta por Gustavo Loiola, supervisor da assessoria da presidência e Thiago Martins, coordenador do Programa de Inovação do ISAE, Diogo Becker, coordenador da área de Startups do Sebrae-PR e Luis Ribeiro, que foi mentor e facilitador do programa e é um dos fundadores do Ideia no Ar, plataforma que permite que vendedores e prestadores de serviços se conectem.

“O ISAE Business é um catalisador de mudanças, pois ajuda empreendedores em fase inicial da ideia a construírem um negócio inovador de verdade, com potencial de ir para o mercado após o término da aceleração. Sendo um dos mentores do programa, vejo que os alunos evoluem muito a cada oficina e ficam cada vez mais preparados para empreender sua própria startup. Recomendo tanto para alunos que desejam empreender, quanto para profissionais de mercado que desejam compartilhar suas experiências como mentores, pois é gratificante ver os projetos que são construídos”, ressalta Luis Ribeiro.

 

Além da aceleradora de ideias, o ISAE também conta com o Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável que reconhece e premia ideias inovadoras e sustentáveis. As inscrições estão abertas para o Prêmio, saiba mais: http://www.isaebrasil.com.br/premio/

O 1º Ciclo do ISAE Business foi concluído em Londrina

A Aceleradora ISAE Business apoia diversos projetos de alunos e ex-alunos possibilitando um crescimento por meio de mentorias, investimentos, eventos e divulgações. Em Curitiba, o Programa já está no quinto Ciclo, já em Londrina, o primeiro ocorreu nesse ano, sendo que o Demoday – apresentação do pitch final para investidores, foi no dia 5 de outubro.

Nesse primeiro Ciclo em Londrina foram inscritos 16 projetos de diversas áreas como Fintech, Agrotech, Construtech, Insurtech, Edutech, entre outras. Dentre os projetos, oito foram selecionados para a aceleração e as equipes passaram por um intenso período de oficinas e mentorias que foram base para que pudessem estruturar suas ideias em negócios. Com isso, já se nota mais de 50% desses projetos com soluções e produtos em validação e bem encaminhados.

Lígia de Carvalho, da startup IT Works, contou que a experiência provocou mudanças marcantes em seu projeto. “Desde o primeiro pitch até a última aula, houve alteração no nome do empreendimento, no desenvolvimento do projeto com pensamento no público-alvo e até no planejamento para uma inauguração que já tinha data certa para ocorrer. A aceleradora nos proporcionou um olhar mais profissional para o empreendimento, os professores nos desafiaram a produzir algo melhor, a pensar sobre o negócio usando mais a razão e menos a emoção. Hoje, sabemos que ainda temos um caminho grande a percorrer, mais agora estamos mais confiantes nas decisões, conseguimos manter um olhar mais abrangente sobre a startup e sabemos que temos que continuar estudando para melhorar a cada dia”, relatou.

A banca avaliadora que aconteceu no último dia 5, foi composta por representantes da Smart Value Investment, Moacir Vieira Santos e Tatiana Fiuza, representante do Sebrae Lucas Ferreira e representantes do ISAE, Gustavo Loiola e Cleyton Caetano que conheceram o trabalho de Agrovest, Numerale Kids, Icard Green, Construtroca, Lajetech,  IT Works, IDMAQ e Trace Pack.

“Para o Sebrae, foi um privilégio se envolver com o ISAE Business, pois é um programa de aceleração diferenciado para a região de Londrina, podendo oferecer para essas empresas que estão nascendo, a oportunidade de crescimento por meio de toda essa metodologia e mentoria, é muito significativo. Percebe-se o aumento do grau de maturidade das startups no início do Programa e na banca de avaliação. É um projeto muito promissor”, disse Lucas Ferreira, Gestor Estratégico de Startup do Sebrae.

“Tínhamos a expectativa de amadurecer nossa ideia e entender mais de toda a cadeia das startups. Podemos dizer que ao final das 17 semanas, nossa expectativa foi superada”, conta Soraia Ribeiro, da startup WECard Networking. “Agora vem o desafio de concretizar tudo o que aprendemos dentro do ISAE. Apesar de sentir um friozinho na barriga, sabemos que todo esse aprendizado que foi colocado nos permite tomar as melhores escolhas para o sucesso do nosso negócio. Estamos gratos pela atenção e pelo carinho que recebemos de professores e equipe organizadora. Acreditamos que esse é o momento de startups amadurecerem e se lançarem no mercado, e com a ajuda do ISAE, teremos com grandes chances de sucesso”, estima.

Em Curitiba, no 5º Ciclo de Aceleração, o Demoday acontecerá no dia 17 de outubro, e avaliará os projetos Angelino, Cantina Digital, Trópico, Oe Hauler, Simplify e Da Terra. A banca avaliadora será composta por Gustavo Loiola (ISAE), Thiago Martins (ISAE), Gustavo Tacla (ACP, LIDE, Curitiba Angels e Thiago Alves (Ideia no Ar). É aberto ao público, as inscrições são feitas por esse link.

ISAE Business divulga selecionados 2018

O Ciclo de Aceleração ISAE Business divulgou os selecionados 2018. Neste ano, ocorreu a 5ª edição em Curitiba e a estreia em Londrina. Participaram da seleção aproximadamente 30 projetos.

Em Londrina, o ISAE contou como parceiro o SEBRAE, que ministrou as duas primeiras Oficinas e dará suporte para indicação de mentores. Contamos também com a Smart Value (grupo de investidores) que, além de participar da banca, estará no Demoday, data em que as Startups irão apresentar seus projetos para possíveis investidores.

Tanto para os projetos de Curitiba, quanto Londrina, o processo de lançamento/aceleração terá duração de 14 semanas, com início em 28/06 e término em 17/10. Após esse período e com o cumprimento das atividades previstas a empresa/projeto recebe o título de QUALIFICADA ISAE BUSINESS.

Confira os selecionados:

Curitiba:

Banca avaliadora: Gustavo Loiola, Thiago Martins (ISAE), Gustavo Tacla (ACP, LIDE, Curitiba Angels) e Thiago Alves (Ideia no Ar)

  1. Angelino
  2. Cantina Digital
  3. Trópico
  4. Oe Hauler
  5. Simplify
  6. Bruno Castilho

Londrina:

Banca avaliadora: Gustavo Loiola, Regis Tavares (professor ISAE), Cleyton Caetano (ISAE), Smart Value.

  1. Nohorário
  2. Agrovest
  3. Numerale kids
  4. Icard green
  5. Construtroca
  6. Lajetech
  7. Trekos – Coisas. Mó. Legal
  8. IDMAQ
  9. Trace PACK

Este slideshow necessita de JavaScript.

ISAE lança seu 4º ciclo de aceleração de negócios inovadores

O ISAE — Escola de Negócios lança no dia 10 de maio, às 18h30, o 4º ciclo de aceleração ISAE Business: modelos de negócios inovadores, cujo objetivo é apoiar projetos e empresas selecionados de alunos da instituição. Neste ano, além dos estudantes, o programa tem uma vaga aberta para a comunidade, todas gratuitas. Mais informações e inscrições pelo http://bit.ly/2oC6CVv

Como funciona

Antes de iniciar no processo de aceleração, o ISAE Business, por meio de uma parceria com o Sebrae, oferece um programa de 4 semanas para trabalhar o desenvolvimento das ideias e o pensamento do empreendedor — a participação nessa primeira fase é obrigatória para inscrição na fase de aceleração do empreendimento.

O objetivo da Aceleradora ISAE Business é ajudar os empreendedores, por meio de eventos, oficinas, mentorias e criação de redes de contato e relacionamento potencializar o crescimento dos modelos de negócio.

Durante 12 semanas, os participantes contarão com esse processo para que suas ideias se transformem em projetos viáveis — neste período, a intenção é que haja um amadurecimento da proposta até a apresentação para possíveis investidores.

Por isso, a Aceleradora prima pela formação de uma rede de contato entre empreendedores e investidores, para que o empresário aumente as chances de conquistar clientes e parceiros estratégicos, além de investidores ao projeto ou empresa.

Após as 12 semanas e o cumprimento de todas as atividades, as empresas/projetos recebem o título de “Qualificada ISAE Business”, chancela da escola de negócios, conveniada da FGV no Paraná, referência nacional no tema.

Temas como desenvolvimento do empreendedor e formação de equipes, monetização, métrica de resultados, marketing digital, controladoria e jurídico e neurovendas são alguns dos temas previstos nos cursos e mentorias.

O programa ISAE Business não contempla a utilização do espaço físico do ISAE para fins comerciais ou de escritório, mas os projetos acelerados podem utilizar salas da instituição para reuniões e encontros, mediante agendamento.

As inscrições para o programa de aceleração ISAE Business já estão abertas e podem ser feitas no link: http://bit.ly/2oC6CVv.

Alunos do ISAE desenvolvem sistema de direcionamento de ar condicionado individual

A corriqueira briga sobre a temperatura ideal do ar condicionado é uma realidade em diversos ambientes corporativos no mundo todo. Embora a temperatura média do corpo humano seja aproximadamente 36°C, a forma e a velocidade com que cada organismo se aquece são distintas, fazendo com que algumas pessoas sintam mais frio do que outras.

As variáveis são muitas. De acordo com uma pesquisa conduzida pela Universidade de Maastricht, da Holanda, a maior divergência em relação à temperatura do ambiente é entre homens e mulheres, pois os homens produzem mais calor devido à maior proporção de massa corporal. Além disso, é preciso considerar também a dimensão do espaço físico, as características da construção, o tipo de iluminação utilizada, faixa etária predominante e o modelo de vestuário mais comum pelos ocupantes do local.

Pensando em oferecer uma solução para este inconveniente, um grupo de estudantes do ISAE, durante o MBA em Gestão Empresarial, desenvolveu o “dispositivo direcionador de ar condicionado diferenciado individual”. O projeto visa basicamente proporcionar maior conforto e consequente aumento da produtividade em escritórios e demais espaços coletivos. “A ideia é obter um resultado harmonioso e ao mesmo tempo funcional para quem deseja uma maior intensidade de fluxo de ar direcionado para si”, explica Fernando Dondeo, um dos inventores responsáveis pelo produto.

O dispositivo funciona por meio de difusores que podem se movimentar para todos os lados, abrindo e fechando, similar ao existente em veículos e aviões. Os dutos que alimentam o sistema serão conectados vertical ou horizontalmente a uma saída principal de ar condicionado no ambiente.

O grupo foi apoiado pela aceleradora ISAE Business. “Antes da consultoria não sabíamos como empreender e nem tínhamos conhecimento de conceitos de startups e de inovação”, ressalta Dondeo. Além disso, os alunos também receberam orientação para contribuírem com iniciativas sustentáveis: desenvolveram o produto focado em atender os requisitos para a certificação LEED em Green Buildings e apoiar empresas focadas em projetos de climatização e circulação de ar. “Agora, com o produto já registrado junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), estamos em busca de investidores para viabilizar a produção e comercialização”, completa.

Fale conosco Artigos Ex-alunos ISAE Business Sustentabilidade Ações internacionais