(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

Rede Brasil do Pacto Global premia boas práticas em água e saneamento

O ISAE Escola de Negócios, por meio do seu Programa de Mestrado Profissional em Governança e Sustentabilidade, apoia a Rede Brasil do Pacto Global que recebe até 18 de outubro inscrições para prêmio no setor de água e saneamento (Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6). A iniciativa tem o objetivo de reconhecer melhores projetos desenvolvidos por membros da rede que privilegiem práticas de sustentabilidade. Os selecionados serão reconhecidos em publicação a ser lançada em dezembro, durante evento anual da plataforma The CEO Water Mandate.

O prêmio é endereçado a todos os membros da Rede Brasil e às organizações que fazem parte do Pacto Global das Nações Unidas internacionalmente e que tenham interesse em se tornar participantes locais.

É permitido inscrever projetos em andamento ou já finalizados nas categorias: 1) Água, saneamento e higiene (WASH) e direitos humanos; 2) Eficiência hídrica em cadeias diretas de operações e suprimentos; 3) Proteção e restauração de ecossistemas; 4) Ação coletiva.

A iniciativa conta com o patrocínio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (CREA-GO) e apoio do Instituto Superior de Administração e Economia do Mercosul (ISAE).

Inscrições

As inscrições estão abertas até 18 de outubro, às 23h59, através do link (clique aqui).

Para participar, é preciso preencher o formulário completo, indicando o líder do projeto, a equipe envolvida, a categoria de inscrição, o título e o resumo do projeto.

Não há pagamento de inscrição para membros da Rede Brasil do Pacto Global. Será cobrada a taxa de 750 reais para as organizações que fazem parte do Pacto em nível global, mas ainda não são membros da rede brasileira.

O número de inscrições por membros é limitado a um projeto por categoria. A comissão organizadora do prêmio “Cases de sucesso em água e saneamento (ODS 6) 2019” será definida pela Secretaria da Rede Brasil do Pacto Global.

Confira aqui o edital completo com as informações sobre o prêmio e sobre como participar. Eventuais dúvidas ou sugestões podem ser feitas pelo e-mail gcmoreira@pacinst.org.

Evento de lançamento

Os dez casos selecionados serão publicados em um relatório e apresentados no evento anual do The CEO Water Mandate, que ocorrerá no dia 11 de dezembro.

O evento terá a participação de Jason Morrison, presidente do Pacific Institute e do CEO Water Mandate.

8.º Encontro Regional PRME LAC

De 8 a 11 de outubro ocorreu na Cetys Universidad, Campus Mexicali, o 8.º Encontro Regional do Princípios para a Educação Executiva Responsável, Capítulo América Latina e Caribe (PRME LAC). O tema central do evento foi “Transcendendo Fronteiras com Lideranças Socialmente Responsáveis”.

O ISAE Escola de Negócios foi representado por seu presidente, Dr. Norman Arruda Filho, e o supervisor de Sustentabilidade, Gustavo Loiola. “O objetivo do encontro foi desenvolver um programa acadêmico e socio cultural para gerar oportunidades de colaboração entre os membros em toda a América Latina e Caribe”, explica Norman.

Dr. Norman, que atua como co-chair do PRME LAC, ministrou a palestra magna “La transculturalidad como motor del logro de los ODS”, uma reflexão sobre a importância da transculturalidade na formação de executivos.

O PRME

O Princípios para a Educação Executiva Responsável (PRME) é uma iniciativa das Nações Unidas que surge com a missão de promover e inspirar uma nova forma de gestão responsável, pesquisa e pensamento de liderança global nos negócios. Conheça: https://www.prmelac.com/

Futuro do Agronegócio foi pauta no ISAE Londrina

No dia 25 de setembro, ocorreu no ISAE Londrina o evento Meio Ambiente e Gestão: o futuro do agronegócio, com a participação de Karol Czelusniak da Bayer, Renan Salvador da Trace Pack e Haroldo Polizel da Cooperativa Integrada.

Os profissionais de diferentes setores participaram do painel mediado pelo supervisor de Sustentabilidade do ISAE, Gustavo Loiola. Haroldo iniciou as apresentações e debateu sobre o cenário atual do agro, as tendências e perspectivas para o cooperativismo. Já Karol abordou como o setor dos defensivos agrícolas se relaciona e compreende o meio ambiente. Foi discutida a cadeia circular dessa indústria que possui logística reversa em até 95% dos produtos comercializados legalmente. Salvador, da Trace Pack, startup do setor, apresentou sobre o papel da inovação nesse novo paradigma e como os novos negócios, produtos e serviços contribuem para a transformação exponencial do agronegócio.

Durante os debates, foram abordados temas como as mudanças climáticas e como isso influencia diretamente o agro, especialmente nos modelos atuais de produção. Além disso, segundo o mediador Gustavo Loiola, “o aumento populacional irá impactar diretamente os modelos de produção, visto que teremos que produzir muito mais alimentos, em um planeta cada vez mais saturado”. Haroldo complementou que o produtor rural hoje teve que se reinventar de uma maneira muito rápida, “o que se fazia no agro a 20 anos atrás, não se faz mais nos dias de hoje”. Segundo Karol, a Bayer já entendeu que precisa se aproximar das novas tecnologias, e vem trabalhando cada vez mais próxima de hubs de inovação e startups para pensar em soluções para os problemas atuais do campo.

“Foi uma grande oportunidade de aproximar a Academia do mercado e trocar experiências para agregar conhecimento”, celebra Haroldo.

Instituição curitibana participa de programa internacional referência em sustentabilidade

O ISAE Escola de Negócios é uma das entidades selecionadas para o International Executive Programme On Sustainable Sourcing and Trade, colaboração do International Trade Center (ITC) com a ONU e mais 11 instituições acadêmicas no mundo.

Nos dias 18 e 19 de novembro, o ISAE Escola de Negócios, uma das principais instituições de ensino do país, vai participar do International Executive Programme On Sustainable Sourcing and Trade. A experiência, promovida pelo Internacional Trade Center (ITC) em parceria com a ONU, vai acontecer no ISAE e em mais 10 instituições de diversas partes do mundo, de forma simultânea. A proposta da atividade é reunir profissionais especialistas em sustentabilidade, gestores de cooperativas e produtores envolvidos com o agronegócio para trocar ideias e interagir com participantes da Cranfield University, da Inglaterra, sobre como as organizações podem fazer a diferença sem impactar negativamente o planeta e seus recursos naturais.

Voltado a empreendedores do segmento, estudantes e demais interessados, o programa vai discutir vários dos principais questionamentos da dinâmica produtiva do agronegócio como identificar riscos e oportunidades de sustentabilidade em cadeias de valor globais específicas; desenvolver abordagens para incorporar considerações de sustentabilidade em cadeias de valor; reconhecer oportunidades e desafios dos ODS nas cadeias de fornecimento do agronegócio; mapear cadeias de valor específicas contra as mudanças climáticas, avaliar estratégias de mitigação e prevenção para riscos específicos e pontuar e alavancar áreas de liderança na construção de cadeias de valor globais sustentáveis.

Quem participar do International Executive Programme On Sustainable Sourcing and Trade terá a oportunidade de participar da construção de uma rede global de networking e colaborar com uma relevante união acadêmica e empresarial visando uma sociedade mais consciente. Além de ser parte integrante de um espaço seguro pensado para compartilhar pontos de vista e experiências sobre as sinergias e tensões da integração de sustentabilidade, agendas corporativas e desenvolvimento pessoal.

O International Executive Programme On Sustainable Sourcing and Trade será realizado na sede do ISAE Escola de Negócios em Curitiba (Avenida Visconde de Guarapuava, 2943 – Centro), das 08h30 às 17h30. Mais informações e inscrições no link: https://bit.ly/2kwX5TU.

1º Energy Experience reuniu grandes nomes do mercado paranaense

Com programação gratuita, o evento tratou do panorama atual e do futuro da energia no Brasil

O uso das diferentes fontes de energia impacta diretamente toda a sociedade moderna, influenciando desde o estilo de vida até problemas decorrentes da poluição. Pensando nisso, o ISAE Escola de Negócios promoveu na noite desta quinta-feira, dia 12 de setembro, a primeira edição do Energy Experience. A atividade gratuita, que contou com a participação de centenas de pessoas, discutiu o momento de transição energética que as cidades, empresas e a sociedade estão passando.

O ciclo de debates foi relacionado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ONU), agenda lançada em setembro de 2015 com metas globais para serem atingidas até 2030. “O Objetivo 07, especificamente, trata de assegurar o acesso confiável, sustentável e moderno à energia para todos, estimulando a criação de soluções renováveis na matriz energética global e a melhoria de sua eficiência no planeta. Dessa forma, o evento buscou criar e construir práticas que levem para a comunidade respostas às suas demandas para colaborar com os problemas ambientais emergentes”, comenta Norman de Paula Arruda Filho, presidente do ISAE Escola de Negócios.

O grande destaque do evento foi o painel “Agro, Indústria e Cidade”, mediado por Felipe Gonçalves, coordenador do MBA em Setor Elétrico (FGV), que contou com a participação de Eduardo Pimentel Slaviero, vice-prefeito de Curitiba, Franklin Miguel, diretor presidente da Copel Comercialização, e Moisés Knaut Tokarski, analista da Gerência Técnica e Econômica do Sistema Ocepar. Durante o painel, os participantes traçaram o panorama atual da energia no Brasil, abordando principalmente medidas que têm sido adotadas no interior do Estado do Paraná e na cidade de Curitiba.

 “Uma cidade nunca estará pronta. Ela passa por um trabalho intenso de constantes adaptações, transformações e melhorias. Por esse motivo, é muito importante discutirmos temas como esse, que interferem diretamente na vida dos cidadãos. O mundo está em busca das melhores soluções em energia, e aqui em Curitiba, uma cidade marcada pelo pioneirismo, não é diferente”, comenta Eduardo Pimentel Slaviero, vice-prefeito de Curitiba.

Na sequência, o painel “Panorama Atual e Futuro” trouxe cases importantes e destacou a atuação de startups focadas em energia renovável. Mediado por Zilton Stange, diretor da ABADE Energias Renováveis, o bate-papo contou com a participação de Reinaldo Cardoso Neto, cofundador e desenvolvedor de novos negócios na Renova Green, e André Luiz Strapasson, gerente de operações na Smartgreen. O evento contou ainda com uma exposição de soluções em energias renováveis, com a participação de empresas como Copel, EcoPower e Abade Aquecimento.

“Há décadas o ISAE busca formas para contribuir para a construção de um mundo, mais responsável e sustentável. O Energy Experience surgiu com essa essência e trouxe debates muito interessantes com novas perspectivas para esse segmento”, completa Norman de Paula Arruda Filho.