(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

> Cidade e Futuro: um panorama de oportunidades

Secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná participa de café da manhã para debater sustentabilidade.
Cidade e Futuro: um panorama de oportunidades

“O Paraná está dando uma lição ao mundo no quesito desenvolvimento de Cidades Inteligentes e trouxemos o secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano para falar aos nossos alunos e gestores sobre esse processo” – com essa fala, o presidente do ISAE, Dr. Norman Arruda Filho, abriu o café da manhã “Cidade e Futuro: um panorama de oportunidades”, com Sílvio Barros.

Durante uma hora, o ex-prefeito de Maringá, falou sobre casos inovadores que já estão em prática em diversos lugares do mundo e ressaltou sobre a necessidade das cidades planejarem seu desenvolvimento urbano levando em consideração, entre outros, projeção de crescimento demográfico e mudanças climáticas, por exemplo. “Temos que planejar cidades inteligentes buscando soluções inovadoras. Não adianta continuarmos utilizando os mesmos índices de há 50 anos. Temos que olhar para frente: estamos preparados para a economia circular? Estamos preparados para as mudanças climáticas e suas intempéries? E o novo formato das relações de trabalho com a possibilidade de trabalho remoto?”, incita a reflexão.

“Curitiba se tornou o primeiro Hub Local do mundo. O projeto é realizado em conjunto pela Prefeitura de Curitiba, Copel, Governo do Paraná e Programa Cidades do Pacto Global. Porém, isso só será eficaz se houver um planejamento estruturado a longo prazo que resista a transição dos governos”. O Hub Local 2030 é uma rede que reúne o “Sistema ONU”, governos locais, empresas, sociedade civil e instituições de ensino para desenvolver e implementar de forma colaborativa soluções para o avanço dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Segundo o protocolo, para o Hub Local acontecer será imprescindível o comprometimento formal multissetorial de parceiros estratégicos do Estado do Paraná. O documento também menciona que o Hub Local 2030 possibilitará ao Estado, além de apoio técnico e acreditação internacional, a obtenção de recursos específicos articulados pelo Sistema ONU e seus parceiros globais para projetos alinhados aos ODS, suas metas e seus indicadores.

“A união da sociedade civil com o governo para a construção de smart cities e para a continuidade dos projetos só será possível com o trabalho conjunto com a academia. Nós temos o papel primordial de propiciar o debate, realizar pesquisas e formar líderes conscientes e protagonistas para o desenvolvimento urbano sustentável e das cidades do futuro, por isso, encontros como esse: com gestores e comunidade são tão valioso”, ressalta o presidente do ISAE.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Voltar
Fale conosco Artigos Ex-alunos ISAE Business Sustentabilidade Ações internacionais