(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

> Confira a última edição da Revista de Empreendedorismo e Inovação Sustentáveis

Confira a última edição da Revista de Empreendedorismo e Inovação Sustentáveis

Edição é organizada pelo professor Fernando Gimenez, membro da Cátedra Ozires Silva.

Quinta edição do periódico científico organizado pelo professor Fernando Gimenez traz uma coletânea de sete artigos. A publicação é realizada pela Cátedra Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável. Confira: https://bit.ly/3eCC2Xg

O primeiro artigo é de autoria de Giliangel Liue e Gabrielle Ribeiro Rodrigues da Silva, ambos da Universidade Federal do Paraná. Intitulado Para além da inteligência: Internacionalização e corrupção, o artigo explora a relação entre internacionalização de empresas e corrupção, a partir de três casos de empresas brasileiras internacionalizadas que se envolveram em algum tipo de corrupção. Com base em sua análise, as autoras alertam que,  além  de ser uma  estratégia  de inteligência de negócios, não se pode ignorar as incoerências envolvidas na internacionalização, cujo processo nem sempre é ético e correto.

O  segundo  artigo Atitudes  empreendedoras  dos  profissionais  cabelereiros  de  uma cidade do interior nordestino. Autoria de Márcia Karina da Silveira Queiroz, Risete Vieira Silva, Halyson  Ranielly  Pereira  da  Silva,  vinculados à Faculdade  Uninassau  Mossoró, Miguel Felipe  Fagundes  Ribeiro  Ferreira das Faculdades  Cearenses, e Macário  Neri  Ferreira  Neto da Universidade  de Fortaleza. Neste artigo, os autores destacam as  atitudes  empreendedoras  nos microempreendedores individuais do segmento de cabelereiros no município de Mossoró (RN).

A  identificação de modelo de cluster comercial, do segmento de noivas, foi o foco do terceiro artigo Processo de identificação de um cluster comercial: estudo exploratório da rua São Caetano  (cluster de  noivas), de Esdras  da  Silva  Costa, Maria Genilda  Marques  de  Oliveira, Maria Tailania Rodrigues da Silva Souza e Thauan e Conceição dos Santos, todas da Faculdade de Mauá. No texto são apresentados dados  e  análise  que confirmam  a caracterização  de  um cluster, contudo,  sem um  agente  supra-empresa,  o  que dificulta  ações  de melhorias  e  impede  o crescimento do aglomerado, segundo os autores.

Políticas públicas  de  inovação  e  empreendedorismo: o  programa  Start-up  Brasil é  o quarto  artigo  que  integra  este  número. Ao analisar as  possibilidades  de  desenvolvimento  do empreendedorismo  inovador  no  Brasil,  com  base  na  criação  de  empresas  nascentes  de  base tecnológica, Andressa  Benvenutti  Radaelli, Antonio  Eduardo  Kloc, Karla  R.  Brunaldie, Marcelo Vargas, da Universidade Federal  do Paraná,  utilizaram dados  secundários para descrever  os resultados do Programa Start-up Brasil. Na conclusão, os autores salientam as lacunas e desafios no campo das políticas públicas de fomento ao empreendedorismo inovador no Brasil.

O quinto artigo é de autoria de duas pesquisadoras vinculadas à Universidade Estadual de Maringá, Ligia Greattie e Adriana Comini da Silva. No  texto, As  inovações  do microcrédito e sua importância para o microempreendedorismo, é apresentado o estudo do caso  de uma  instituição  de  microcrédito sediada  em Maringá-PR. As autoras, por  meio  dos resultados   alcançados,   argumentam   sobre a   importância   do   agente   de   crédito   para   o acompanhamento  das  atividades  dos  empreendedores  e  do  grupo  de  aval  solidário  para  a disseminação do microcrédito nas populações menos favorecidas.

Um esforço  de  sistematização  de  conhecimento,  a  partir  de  uma  revisão  de  literatura, é  a contribuição  de Eric  Vinicius  Lucion, da União  Educacional  de  Cascavel; Elizandra  da  Silva, da Universidade  Estadual  do  Oeste  do  Paraná; e Gustavo  Yuho  Endo, da Universidade  do  Oeste Paulista. O sexto artigo que integra este número foi intitulado Análise da produção científica em periódicos nacionais sobre incubadoras de empresas. Para atingir seus objetivos, os autores realizaram levantamento bibliográfico e identificaram 73 artigos, que foram categorizados em dez temas.

Por  fim,  o  sétimo  artigo  é  uma  contribuição  de Ivan  Frederico  Lupiano  Dias, Glauciene Izaltina Tassie, Saulo Fabiano Amâncio Vieira, da Universidade Estadual de Londrina. Sob o título Desenvolvimento Tecnológico  Local: uma  análise  da  experiência  de  Londrina/PR,  o relato consiste  de  um  importante  documento  histórico  que  descreve  a  trajetória  dos  esforços  da sociedade londrinense na estruturação  de  um  ecossistema  de  inovação. Na opinião dos autores, a experiência relatada pode ser aproveitada por aqueles que se proponham a se engajar em processos semelhantes que visem ao desenvolvimento sustentável.

Voltar