(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

> Erradicação do Trabalho Infantil e Aprendizagem em pauta

Erradicação do Trabalho Infantil e Aprendizagem em pauta

A erradicação do trabalho infantil aliada à aprendizagem de jovens e sua importância social foram debatidos nos dias 30 e 31 de agosto, no Parque Tecnológico de Itaipu, em Foz do Iguaçu, por entidades privadas e representantes de vários órgãos públicos durante o Seminário Aprendizagem: Fonte de benefício mútuo entre empresário e aprendiz.

Na abertura do evento houve apresentação cultural com jovens aprendizes e  uma solenidade seguida por palestra da coordenadora nacional da Comissão de Erradicação do Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem na Justiça do Trabalho, ministra Kátia Magalhães Arruda, do TST. Já na sexta-feira (31), foram debatidos benefícios do contrato de aprendizagem para o empresário; agricultura familiar, erradicação do trabalho infantil e considerações sobre a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável pelo Presidente do ISAE, Dr. Norman Arruda Filho.

“No Brasil mais de 2,7 milhões de crianças estão em condições de trabalho exploratório. Esse Seminário tocou no delicado tema do trabalho infantil aliado à um tópico indispensável que é a aprendizagem de jovens. Trabalho e educação devem andar juntos, sendo a aprendizagem o melhor sistema para proteção da criança/jovem contra a vulnerabilidade social”, relata Norman.

O Auditor Fiscal do Trabalho e Coordenador da Aprendizagem na Superintendência Regional do Trabalho no Paraná, Rui Tavares, complementa: “A aprendizagem mantém o adolescente na escola, gera renda e dá oportunidade para o desenvolvimento profissional. Além disso, gera diversos benefícios para as empresas como incentivo fiscal, impacto social e financeiro, marketing social, redução de transover e aumenta a produtividade na medida em que desenvolve valor intelectual e técnico no jovem aprendiz”.

O evento contou com a participação do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro João Batista Brito Pereira; da gestora regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil, desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão; da presidente do TRT-PR, desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu; entre outras autoridades.

Fotos: divulgação TRT-PR

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Voltar
Fale conosco Artigos Ex-alunos ISAE Business Sustentabilidade Ações internacionais