(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

> Nova política do MPF em sintonia com o Programa de Inovação do ISAE para cooperativas

Pioneirismo e transformação na cultura de inovação sustentável
Nova política do MPF em sintonia com o Programa de Inovação do ISAE para cooperativas

Uma nova política do Ministério Público Federal (MPF) coloca a inovação e a sustentabilidade em foco: a InovaMPF promove a desburocratização de serviços por meio da tecnologia, da colaboração e da valorização das pessoas e tem como pano de fundo os objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) da ONU. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o secretário-geral do MPF, Alexandre Camanho, assinaram a política na sexta-feira, dia 25 de janeiro, e preveem um ano cheio de projetos inovadores por todo o país.

Um dos maiores desafios da InovaMPF é impulsionar uma cultura de inovação que permeie todas as metodologias de trabalho dos serviços do MPF. Com a coordenação da Secretaria-Geral (SG), foi instituída a Assessoria de Sustentabilidade e Inovação (ASI), que terá o papel de incentivar as iniciativas inovadoras, além de ser responsável pelos InovaTimes, Comitês de Inovação que prestarão o auxílio nas atividades, estudos e diagnósticos desses projetos.

O fomento à cultura da inovação e o estímulo ao trabalho colaborativo já são expertises do ISAE Escola de Negócios. Em abril de 2018, o ISAE deu início ao Programa de Inovação para o Cooperativismo Paranaense (PICPR), uma iniciativa em parceria com a Arbache Innovations e o Sistema Ocepar. Os objetivos do PICPR muito se alinham aos da InovaMPF: criar uma cultura receptiva a projetos de inovação, capacitando pessoas dentro das maiores cooperativas do estado do Paraná para liderarem esses projetos.

O Programa de Inovação do ISAE está estruturado em 4 etapas: Mapeamento de Competências, Formação Comum, Formação Específica e Aplicação e Multiplicação. No Mapeamento, foram 515 colaboradores de mais de 70 cooperativas paranaenses que tiveram seus perfis profissionais diagnosticados como Agentes de Inovação ou de Transformação, por meio de uma plataforma gamificada com bases de neurociência e psicologia. Já a segunda etapa, que iniciou a formação desses Agentes em setembro de 2018, ocorreu com 14 turmas em 11 cidades diferentes do Paraná e proporcionou encontros com disciplinas como Inovação e Competitividade, Liderança, Empreendedorismo e Inovação Aberta.

O PICPR está ultrapassando as fronteiras do “Paraná” e se tornando um Programa nacional em 2019. Hoje, além das maiores cooperativas do Paraná, o ISAE também está levando o programa para o Mato Grosso do Sul, Goiás e São Paulo – todos nos próximos 6 meses – e tem expectativa de capacitar mais agentes de inovação e de transformação em vários outros estados do Brasil.

A divulgação da Portaria 33 de 24 de janeiro do MPF trouxe uma grande validação do trabalho que tem sido feito no PICPR. A política leva em consideração, nas suas disposições, “a imprescindibilidade de promover mudança de cultura organizacional para fomentar a inovação e promover a sustentabilidade com maior engajamento de servidores” – propósito alinhado com o programa em andamento no PR.

A sintonia de objetivos entre o InovaMPF e o PICPR dá ainda mais subsídios para que o progresso seja contínuo na área de pesquisa, capacitação e geração de conteúdo. Tudo isso para que a busca pela cultura da inovação seja o foco não só do serviço público e das cooperativas, mas também em todo tipo de empresa no país – e nisso o ISAE também já começa a colocar a sua experiência. Ainda em 2019, o Programa de Inovação para o Cooperativismo será “pivotado” para atender outros tipos de organização privada – mas este é um assunto imperdível para outro artigo.

 

Fonte: MPF

Voltar
Fale conosco Artigos Ex-alunos ISAE Business Sustentabilidade Ações internacionais