(41) 3388.7800 - (43) 3306.7700
LinkedIn Facebook Twitter YouTube
 

> ISAE In Company: como construímos o nosso portfólio?

ISAE In Company: como construímos o nosso portfólio?

Mais do que criar soluções corporativas, nossa equipe estudou o mercado para entender os principais desafios das organizações em Inovação, Governança e Sustentabilidade

As soluções educacionais In Company, aquelas que são pensadas para atender as necessidades das empresas, precisam de um cuidado especial. A experiência do ISAE construindo este tipo de programa há mais de 20 anos mostra que, apesar das particularidades de cada caso, existem diversos denominadores comuns quando se fala em desafios do mercado corporativo.

Por isso, a equipe do ISAE Lab – área responsável pela construção dos cursos e programas do ISAE – assumiu o desafio de identificar estes desafios por meio do autoconhecimento, do relacionamento com o mercado, do embasamento científico e do benchmarking.

Vamos entender essa trajetória?

Olhar para dentro

A primeira etapa que o ISAE Lab precisou realizar foi a de entender o que o ISAE Escola de Negócios já ofereceu – e continuava oferecendo – ao mercado de In Company. Nessa fase, aconteceu o autoconhecimento: foi feita uma análise aprofundada dos cursos e programas produzidos pelo ISAE nos últimos três anos. Todos esses conteúdos foram mapeados e classificados por áreas, buscando-se, principalmente, aqueles relacionados à Governança, Sustentabilidade e Inovação – pilares do ISAE desde a sua fundação, há mais de 20 anos.

Conexão com especialistas

Feito isso, chegou a hora de conversar com os especialistas do ISAE! Foram realizados três workshops de cocriação, onde o time do Lab, colaboradores e docentes parceiros puderam discutir quais as principais necessidades e desafios percebidos pelo mercado.

Nesses três encontros, os produtos ISAE puderam ser agrupados e avaliados por eixo – Governança, Sustentabilidade e Inovação – e os maiores desafios identificados de cada área foram organizados em clusters. Foram também elencadas as principais competências (hard e soft skills) que precisam ser encontradas e desenvolvidas em profissionais de sucesso no atual cenário corporativo, separadas nas áreas e clusters determinados.

Embasamento científico e benchmarking

Com um portfólio mais assertivo e conhecendo-se quais as competências que podem ser trabalhadas nos novos cursos, o ISAE Lab buscou, então, a visão das principais instituições de ensino internacionais e referências de pesquisa dentro do universo de Governança, Sustentabilidade e Inovação. Foram pesquisados livros, revistas, artigos científicos, relatórios, cursos e programas educacionais… foi feito um benchmarking global para identificar, mais uma vez, o que estava acontecendo e sendo discutido no Brasil e no mundo e o que poderia ser inserido no novo portfólio.

Criação do portfólio

Depois dessa trajetória de verificar o que foi produzido no ISAE e o que estava sendo discutido e oferecido globalmente, chegou a hora de preparar o nosso portfólio com foco em gerar resultados e solucionar os principais desafios do mercado.

Educação focada no ser humano: o papel das competências em um curso

Com o intuito de enriquecer e valorizar os novos cursos e de cumprir o propósito do ISAE de potencializar as carreiras de seus alunos, foram elencadas as principais competências técnicas (hard skills) e comportamentais (soft skills) esperadas em um indivíduo que atua em cada um dos três cenários (Governança, Sustentabilidade e Inovação). Por exemplo, no ambiente de governança, espera-se encontrar um profissional com as competências de capacidade analítica (hard), de inteligência emocional (soft) e de comunicação (soft) bem desenvolvidas. Já no de sustentabilidade, busca-se um indivíduo com forte empatia (soft)  e de mindset global (hard), para proporcionar as mudanças sustentáveis necessárias no seu ambiente de trabalho.

Isso gerou o conceito de que cada novo curso deveria estar vinculado ao desenvolvimento de, pelo menos, uma competência (soft ou hard) para gerar valor aos alunos ISAE, ou seja, a partir da seleção de uma competência é que o conteúdo do novo curso deveria ser criado.

Ficou confuso? Ok, vamos exemplificar.

Um gestor de RH chega até o ISAE com a demanda de um workshop que explique o novo Programa de Inclusão Social da empresa, iniciativa que a matriz internacional exigiu de todas as suas filiais, mas que em sua sede tem tido resistência na implementação. Tradicionalmente, a tendência seria partir para a estruturação deste workshop – mas a metodologia de portfólio que o ISAE adotou leva o consultor a agir como expert do negócio, entendendo quais são as reais dores do caso: o que causa a resistência na equipe? Essa resistência é ao Programa de Inclusão em si ou existe, culturalmente, uma cultura de preconceito e/ou estranhamento às diferenças?

Conduzindo a conversa pela matriz de competências, o consultor consegue entender que, antes de apresentar o Programa de Inclusão Social, é preciso capacitar os colaboradores para a empatia e a inteligência socialsoft skills que contribuem na solução de problemas de Saúde e Bem Estar, um dos clusters da área de Sustentabilidade. Então é aí que entra a criação de um programa personalizado para esta empresa, contando com o portfólio de cursos direcionados a este fim, que podem incluir Sistemas organizacionais mais humanos e Gestão da Diversidade, por exemplo – o que vão, com certeza, auxiliar na introdução do Programa de Inclusão Social da matriz, uma vez que toda a equipe estará mais favorável aos seus objetivos.

Uma escola de negócios que forma mais do que profissionais: forma pessoas

Todo este trabalho em conjunto, conduzido pelo Lab mas com a contribuição de diversos colaboradores especialistas, criou mais do que um portfólio de cursos para capacitar profissionais dentro das empresas. O resultado foi uma matriz de desenvolvimento que pode ser acessada a todo momento que um novo desafio de mercado surge, garantindo o planejamento de soluções completas e de valor agregado ao aluno.

O portfólio In Company do ISAE está continuamente em movimento, sendo expandido, atualizado e revisado no mesmo ritmo que o mercado corporativo muda. Para cada competência e dentro de cada área existem inúmeras possibilidades de desenvolvimento profissional e pessoal que beneficiam organizações de todos os ramos e portes.

Voltar